Publicidade

Publicidade

03/10/2006 - 14:48

X06 em imagens

Compartilhe: Twitter

Veja lá, alguns instantâneos tirados em Barcelona, na semana passada, durante o evento X06. Para quem não sabe, é uma “mini E3” organizada pela Microsoft, que serve para mostrar os lançamentos e novidades para o Xbox 360. As fotos estão leves, para todo mundo conseguir abrir facilmente (e não estão clicáveis, porque dá um trabalhão fazer isso).


Este penduricalho dava acesso a todos os momentos do X06


Entrada do Teatro Nacional da Catalunha, palco da primeira parte do evento


Peter Moore e Peter Jackson falam sobre o misterioso Projeto Halo


Após a conferência, um jantar. Repare na lista do “quem fica aonde” das mesas


Clima sombrio, meio vazio: era fácil jogar no X06


Só pode olhar: demonstrador da Activision detona em Guitar Hero II


Peter Molyneux, o empolgado produtor de Fable 2


Jantar de confraternização entre a Microsoft e os jornalistas brasileiros (e tem um chileno ali no meio)


E este é o saguão do nosso hotel bacana

Autor: - Categoria(s): Cobertura X06, Tudo ao mesmo tempo Tags: , ,
02/10/2006 - 21:20

Imagens valem mais do que…

Compartilhe: Twitter

De volta ao Brasil, e já enrolado com o primeiro fechamento da nova revista em que estou trabalhando. Por isso, vou atrasar um pouco a atualização deste blog hoje. Mas, para compensar, será um post ilustrativo: fotos exclusivas do X06, direto de Barcelona.

Vale a pena esperar? Ah, mas vale.

Autor: - Categoria(s): Cobertura X06, Tudo ao mesmo tempo Tags:
29/09/2006 - 13:44

No more games

Compartilhe: Twitter

Acabou o X06, todo mundo foi embora para casa. Menos eu, que vou passar um final de semana aqui e ver se consigo descobrir mais alguma coisa. As distancias nem sao tao grandes assim…

Novidades na segunda-feira, já do Brasil.

Autor: - Categoria(s): Cobertura X06, Tudo ao mesmo tempo Tags:
28/09/2006 - 13:24

Por dentro do X06

Compartilhe: Twitter

Hoje sim, rolou o X06. O evento é diferente do que estamos acostumados. Esqueça a barulhenta E3, seus milhares de metros quadrados e milhares de visitantes. Daqui em diante, tudo leva a crer que as empresas irão mesmo investir em eventos menores, intimistas e para públicos mais selecionados.

O X06 é assim. Nao havia mais de 500 jornalistas, se muito. Tudo rolou em um hotel gigante e moderno de Barcelona. Uma área cheia de pufes era destinada as apresentações especiais de certos games (Fable 2, Mass Effect, Crackdown, Alan Wake, Gears of War, entre outros). A área dos games era um grande salão equipado com 180 consoles Xbox 360 (será que o numero é múltiplo de propósito?), com jogos inéditos e não-lançados. E acredite, nao havia fila alguma. Do lado de fora, mesas enormes cheias de comidas e bebidas, tudo à vontade (ou seja, de graça). E no andar superior, salas de reuniões amplas, para conversas com gente famosa no naipe de Peter Moore. Nao há barulho desnecessário, correria, gente empurrando. Todos os produtores dos jogos estão loucos para papear e explicar sobre seus games. Nao dava para pegar um joystick sem ser abordado: “oi, sou fulano de tal, produtor de Forza Motosport 2, você quer saber alguma coisa?”. O povo estava simplesmente louco para falar.

Dava para jogar até dizer chega, entre uma entrevista especial e outra. Hoje, pude comparar FIFA 07 com Pro Evolution Soccer 6 e comprovar, para meu espanto, que há uma ligeira vantagem do primeiro, tanto no aspecto visual quanto na jogabilidade. Pode acreditar.

Também babei na versão 360 de Guitar Hero 2, que não podia ser experimentada, apenas assistida. Os demonstradores manejavam réplicas brancas da clássica Gibson Explorer (exclusivas desta versao) com uma precisão de fazer inveja ao guitarrista do Calypso. Pena que nao pudemos encostar o dedo, porque, segundo os demonstradores, aquelas eram guitarras-protótipo. Mas deu mais vontade ainda de jogar.

Joguei Doom baixado da Live. Está idêntico, até mesmo os velhos bugs. O executivo da Microsoft com quem conversei disse que a quantidade de downloads já é absurda. E isso porque o jogo está disponível desde ontem apenas.

Forza Motosport 2 é lindo, impecável, mas muito difícil de se manobrar – mesmo os produtores concordaram. Mas é para ser assim mesmo. Quer facilidade, tente Need for Speed: Carbon, que é simplesmente Need for Speed com tempero. Quem gosta nao tem do que reclamar. Mas eu nao perdi muito tempo com este.

Também nao joguei Sonic, Viva Piñata nem Dead or Alive Xtreme 2. Dormi (mesmo) durante a apresentação especial de Crackdown. Mas curti o perturbador Call of Duty 3. Tony Hawk´s Project 8 impressiona. E Gears of War no modo single player consegue ser tão bom quanto o excelente multiplayer (o qual pude jogar junto a um pessoal da Microsoft, entre eles Ken Lobb, ex-Nintendo). E tem The Darkness, Shadowrun, Rainbow Six: Vegas (com a possibilidade bacana de inserir seu rosto no jogo). E mais um monte de coisas que ainda nao digeri. Calma, acabei de sair de lá. E nao dormi direito de ontem pra hoje.

Mas o dia valeu por causa de Peter Molyneux e seu Fable 2. Tive o privilégio de participar de uma exclusiva apresentação do criador de The Movies e Black & White. Dez pessoas na sala, se muito. Por 30 minutos, Molyneux mostrou porque é o game designer mais visionário da atualidade: falou de maneira apaixonada por seu novo projeto e deixou todos embasbacados com sua empolgação e suas idéias absurdas. “Se Fable 2 nao for o maior projeto de minha vida, entao vou deixar de ser um designer de games. As coisas que sir Molyneux disse em sua apresentação mereciam uma matéria especial em qualquer revista. Talvez um dia eu o faça. Conversei com ele após a entrevista, a respeito dessa possibilidade. O homem sorriu, e nao queria parar de falar. Só que outras pessoas esperavam para ouvir a mesma apresentação.

Nao vimos nada prático de Fable 2, nenhuma telinha, nada de jogo em movimento. Apenas ouvimos as palavras de seu criador. Mas para mim, se me perguntassem, isso seria o bastante para escolhe-lo o melhor game da X06. Mas deixe-me pensar mais a respeito. Ainda estou zonzo.

***

E sabe aquele lance de Xbox 360 no Brasil antes do final do ano sobre o qual falei ontem aqui? É, eu nao estava mesmo exagerando.

Autor: - Categoria(s): Cobertura X06, Tudo ao mesmo tempo Tags: , ,
27/09/2006 - 23:16

Nada por enquanto. Mas…

Compartilhe: Twitter

Bem, a primeira parte do evento X06 acabou, e nada sobre o Brasil foi dito. Demos com os burros na água. Mas nem tudo está perdido. Minhas sondagens mostraram que a situação do Xbox 360 no Brasil esta bem melhor do que pensava. Que tal ter o console nas lojas brasileiras ainda este ano? É bastante provável. Nada confirmado, porque a Microsoft nada diz, com medo de ter que desmentir depois. Mas é o que dá para sentir em meio ao oba-oba.

Nao é chute, mas também não é oficial: Xbox 360 antes do final do ano nas lojas do Brasil. Pode não acontecer, mas pode crer que é a intenção dos caras que resolvem este assunto. Agora, se vai rolar ou não, independe deles. Depende de algo um tanto maior e mais alto. Vamos ver se hoje consigo algo mais palpável nesse sentido. Estou tentando embebedar o cara que detém a informação, mas ele esta esperto! :)

Mas a apresentação de hoje comandada por Peter Moore no Teatro Nacional de Catalunya foi cheia de surpresinhas. Eu me senti na E3 de novo. O nível de novidades foi maior do que no evento de Los Angeles. Só passando rápido, o telão nos mostrou o seguinte:

Grand Theft Auto IV terá dois episódios “baixáveis” exclusivos para o 360. E isso sim é algo importante.

Blue Dragon é incrível. Se há um jogo que quero encarar no 360, é esse. E graças a Toriyama, Uematsu e Sakaguchi, o dream team dos RPGs eletrônicos desde 1995.

Bioshock é bom de dar medo. E deu pra sentir isso pelo trailer. Que nao era bem um trailer.

– Craig B., da Epic, jogou mais Gears of Wars e falou frases engraçadinhas. Tem mais algo a dizer sobre esse game? Acho que não.

– Também dá para ficar feliz com Lost Odyssey, mesmo que tenha combates por turnos um tanto constrangedores. O fator Sakaguchi compensa.

– O Doom original está baixável na Xbox Live Arcade a partir de hoje. Bom. Baixe e me diga se valeu. Claro que valeu.

Assassins Creed é o Prince of Persia desta geração, mas e daí? É de morrer de vontade de jogar. E se você visse a apresentação no evento (e a pessoa que comandou a apresentação), ficaria com outras vontades também.

– Na festa pós-evento, eu e o Viliegas jogamos boas partidas de Pro Evolution Soccer 6 regadas a cerveja espanhola. Se não tivessem nos expulsado da sala, eu teria passado a noite ali. Eh mais bonito que um FIFA, mas a jogabilidade nao é tão esperta quanto PS2. Eu acho que jogamos um “work in progress”, mas vai saber… de qualquer maneira, é sensacional. Sorte de quem tem um 360.

– E o trailer final de Halo Wars impressiona. É da Ensemble, e pelo que tudo indica, é estratégia em tempo-real ambientada no mundo de Halo. Foi o vídeo mais bonito da noite, e também o último.

– Mas não poderia deixar de falar sobre a presença/aparição de Peter “Senhor dos Anéis” Jackson, que subiu ao palco para contar sobre seu novo projeto. Um projeto que não é game, não é filme, mas é algo entre os dois negócios. Tem a ver com o mundo de Halo, mas nao é Halo 3. Mas também não é o filme de Halo – no qual Jackson também está envolvido. Entao, do que se trata esse projeto interativo secreto? Nem ele soube explicar. Tudo bem, só a presença do homem ali já valeu a pena. Mas eu mesmo não entendi lhufas.

E teve mais, mas não me lembro. Afinal, a festa da Microsoft que rolou em seguida (logo após um jantar sensacional no ponto mais alto de Barcelona) não economizava em matéria de “diversao”. Mas estamos inteiros. Amanha cedo (hoje? xiii…) tem palestra com os Peters (Moore, Jackson e Molyneux), entrevistas exclusivas, demonstrações de jogos novos em 180 consoles espalhados por um grande salão. Não vai prestar.

E logo mais tem mais.

Autor: - Categoria(s): Cobertura X06, Tudo ao mesmo tempo Tags: , ,
27/09/2006 - 09:39

Trescientos y sesenta?

Compartilhe: Twitter

O crachá escrito “Barcelona Event Pass – X06” ja encontra-se pendurado no pescoco. Em tres horas, um onibus passará neste hotel onde me encontro, para nos buscar e nos conduzir ao Theatre National Catalunya, palco do media briefing da Microsoft. Ali, Peter Moore, o principal representante da empresa quando o assunto é Xbox 360, dará as boas vindas aos dezenas de profissionais da imprensa que encontram-se na cidade somente para ouvir o que ele tem a dizer.

A expectativa é das maiores. O que será que ele dirá logo após a palavra Brasil sair de sua boca? – se é que ele o fará. Logo mais saberemos.

Autor: - Categoria(s): Cobertura X06, Tudo ao mesmo tempo Tags: , ,
26/09/2006 - 14:10

Será hoje?

Compartilhe: Twitter

Sao 19h na ensolarada Barcelona. Estamos de saida para o jantar com os executivos da Microsoft para a America Latina. Pelo que parece, eh hora de grandes revelacoes. Tudo indica que, entre hoje e amanha, saberemos o segredo mais bem guardado da empresa este ano: a data de lancamento do Xbox 360 no Brasil. Que essa informacao nos sera revelada, nao ha duvida alguma.

A X06 propriamente dita comeca amanha e se desenrola ate a noite de quinta. Ja sabemos que teremos demonstracoes de games como Crackdown e Gears of Wars (multiplayer para 8). E entrevistas com alguns caras importantes. E mais segredos que ainda nao descobri.

E nao, nossas malas ainda nao apareceram. Ate no aeroporto procuramos. Pelo menos ja compramos o que precisamos e nao estamos mais com a mesma roupa.

Autor: - Categoria(s): Cobertura X06, Tudo ao mesmo tempo Tags: , ,
25/09/2006 - 20:16

Pero que si, pero que no

Compartilhe: Twitter

Agora ja eh terca-feira em Barcelona, mas ai no Brasil deve ser oito da noite. O relogio biologico esta completamente errado. Este sono todo que estou sentindo eh sobra da noite bem mal dormida no aviao bacana da TAP, no qual passamos boas 12 horas.

O atraso em Sao Paulo resultou em uma chegada atrasada em Lisboa. A chegada atrasada em Lisboa resultou em correria no aeroporto no embarque da conexao para Barcelona. No fim das contas, isso tudo resultou no sumico de nossa bagagem. Ou seja, quem veio do Brasil para a Espanha ficou sem as malas em algum lugar da Peninsula Iberica.

E nao adiantou eu, o Nelson, o Viliegas e o Junqueira (o camera da Play TV) reclamarmos. Nossa equipaje nao chegou mesmo. E ficou prometida para 16h a chegada delas em nosso hotel, o que nao aconteceu. Passamos o dia todo andando pela cidade, com a mesma roupa de anteontem. Voce pode imaginar.

Pelo menos o hotel eh legal (fica ao lado do Camp Nou, estadio do Barcelona), a cidade eh linda e agradavel e ha muito para se ver-fazer. Amanha ainda eh dia livre, entao vamos inventar algum passeio. Os compromissos serios comecam de noite, entao so vou falar serio a partir de amanha.

Agora, so quero recuperar meu sono. E minha mala tambem seria bom.

UPDATE: Terca-feira, meio-dia, e nada das malas ainda. Mas a comitiva da Microsoft chegou aa cidade. Acabei de ver o Ken Lobb (ex-Nintendo) fazendo check-in na recepcao do hotel.

Autor: - Categoria(s): Cobertura X06, Tudo ao mesmo tempo Tags: , ,
Voltar ao topo